Pular Links de NavegaçãoPágina inicial > Notícias

Faculdade realiza a 16ª edição do MOCCA


Organização estima um público acima de 50 mil pessoas durante os quatro dias de programação

Hoje (16), às 18h, será aberta a edição 2018 do Movimento Científico e Cultural de Aparecida de Goiânia (MOCCA), promovido pela Faculdade Alfredo Nasser.

Segundo explica o diretor de desenvolvimento da Faculdade, professor Divino Gustavo, o objetivo do evento é abrir o espaço universitário para a coletividade, com prestação de vários serviços.

Para o diretor geral da Faculdade, professor Alcides Ribeiro Filho, ao abrir o espaço universitário para a comunidade, a instituição abre também o debate sobre os temas que preocupam a coletividade, levando para a academia a busca de solução para essas demandas. “O MOCCA é um aliado de alto valor para o nível de qualidade de ensino que a nossa instituição oferece, assim, promovemos a formação contextualizada dos nossos acadêmicos”, explica o professor Alcides.

O evento é realizado anualmente e estão previstas até o próximo dia 19 atividades diversas, tais como seminários, palestras e minicursos sobre temas contemporâneos. A programação ainda prevê a Feira da Sustentabilidade, apresentações artísticas, com shows musicais e danças, concurso Garota e Garoto UNIFAN e a prestação gratuita de serviços à comunidade nas áreas da saúde, assessoria jurídica e psicológica, casamento comunitário, arrecadação de alimentos, atendimentos odontológicos e oftalmológicos, podologia, massoterapia, fisioterapia, entre outros. No sábado acontece a tradicional caminhada ecológica no Jardim Botânico, marcando o encerramento do MOOCA.

Ainda segundo o diretor da Faculdade, o sucesso obtido pela instituição em realizar o Movimento Científico e Cultural de Aparecida de Goiânia ao longo de mais de dez anos, se deve não só aos esforços da comunidade acadêmica, mas também ao apoio dado à Faculdade pelas parcerias firmadas com instituições públicas e privadas.

O MOCCA é o maior programa de extensão universitária do Centro- Oeste brasileiro e para o Professor Alcides Ribeiro Filho, um aliado de alto valor para o nível de qualidade de ensino que a instituição oferece. “É um projeto de extensão institucional que surgiu da ideia de expor o conhecimento adquirido e produzido por meio da pesquisa à população de maneira geral. Esse é o objetivo desse projeto, incentivar o aprendizado dos alunos, desenvolver a solidariedade e valorizar nosso povo”, ressalta o diretor da Faculdade.

Mais notícias