Pular Links de NavegaçãoPágina inicial > Notícias

Faculdade Alfredo Nasser lança projeto em parceria com a SEDUCE


O lançamento contou com a presença da coordenação de Tutores Pedagógicos da SEDUCE

Através de uma parceria firmada entre a Faculdade Alfredo Nasser e a Secretaria Estadual de Educação, por meio da coordenação de Tutores Pedagógicos da SEDUCE, foi lançado nesta quinta-feira (19) na UNIFAN o projeto “O conhecimento científico no cotidiano da escola”.

Conforme explica a coordenadora do projeto, professora Márcia Pelá, a iniciativa marca o início de uma nova fase do projeto de pesquisa realizado pelo Grupo PoliSínteses. “O Grupo PoliSínteses é um grupo transdisciplinar de estudos e pesquisas em educação e cidades e tem por objetivo realizar, por meio de projetos e ações, a conexão entre a produção dos conhecimentos científicos e o saber escolar, por meio de cursos e ações de extensão, tendo a relação entre teoria e prática como o seu principal aporte didático-metodológico”, ressalta a professora.

O lançamento do projeto é o ponto de partida de novas ações do Grupo, pois marca o início de um curso de formação específico para os professores contratados da rede estadual de educação, que tem como meta tratar da relação entre o conhecimento científico, o cotidiano e a escola.

A coordenadora do curso acrescenta que “é uma forma da Faculdade Alfredo Nasser contribuir para quebrar o abismo que há entre a Escola e a Universidade, contribuindo ainda na formação cada vez mais cotidiana dos professores e isso, de uma forma ou de outra, chega à sociedade, porque chega aos alunos estão nas escolas”, disse.

De acordo com a coordenadora dos Tutores Pedagógicos da Secretaria Estadual de Educação, professora Vandemy Luciane Sasse David, defende que a celebração da parceria com a Faculdade é um marco muito grande para a Escola e os professores que são contrato dessas escolas, pois a iniciativa, segundo a professora Vandemy, favorece a busca do conhecimento científico que essas escolas estão abrindo para os jovens, tanto de tempo integral no Fundamental quanto ao Ensino Médio.

Divido por módulos, o curso, que tem duração de 40 horas, vai se estender até o mês de setembro com temas sobre Teoria e Práticas no Processo da Avaliação Escola; A Leitura Científica e a Conexão com o Cotidiano; Metodologias e Práticas a partir da Pesquisa e a Ciência Produzida e a Ciência Ensinada.

Mais notícias